Escolha uma Página
VÍRGULAS DEPOIS DO SUJEITO E COM ADVÉRBIO DE MODO

VÍRGULAS DEPOIS DO SUJEITO E COM ADVÉRBIO DE MODO

Não se coloca vírgula de ouvido simplesmente; não há uma necessária conexão entre vírgula e pausa – “nem a toda pausa corresponde uma vírgula, nem a toda vírgula corresponde uma pausa…”, sustenta Celso Luft. O fato é que a vírgula obedece a critérios sintáticos, não se devendo separar os termos da oração unidos sintaticamente, ou seja, colocar vírgula entre sujeito e verbo, entre verbo e complementos, a não ser que haja encaixes entre esses elementos.